Viajando Entre Páginas: A Escolhida

Viajando Entre Páginas: A Escolhida

Olá pessoal, hoje trago meus quotes favoritos do livro A Escolhida! ♥

 

Livro: A Escolhida

Autora: Amanda Ágatha Costa 

♥Os Quotes que mais gostei!

Assim como um despretensioso, um agradecimento sincero é capaz de modificar o dia de alguém.
Página: 05

Esta pessoa que agora me encara com olhos grandes não é a mesma que as vítimas conhecem nos momentos de fúria. Esta é uma versão graciosa e artificial .
Página: 14

 

Pessoas sofrem. Para cada dois sorrisos brotados, novas cinquenta lágrimas são despejadas. A realidade que nos acerta é a que mais faz doer. Através dos tropeços ao longo destes dezoito anos, aprendi que os que mais sorriem são aqueles que mais se mutilam com a angústia.
Página: 15

 

As últimas lembranças de minha infância me levam em direção ao bueiro em que fui encontrada, há tantos anos. Chovia muito no dia em questão e a sensação dos cabelos molhados, grudados no rosto, ainda se faz vívida em mim. O barulho das gotículas de chuva caindo nas poças continua alto nos ouvidos.
Página: 39

 

Certas palavras são como pedras jogadas numa represa. Exercem pressão e criam furos até na camada mais sólida.
Página: 40

 

Não sigo padrões. Fujo o quanto posso das normas estabelecidas, afinal, não sou uma cópia deles para ter que me igualar aos seus gostos.
Página:42

 

Os monstros já são ruins no início. Serão ainda piores no final.
Página: 43

Há certas coisas no mundo que existem com a função de clarear caminhos e há aquelas que existem apenas para torná-los ainda mais obscuros.
Página:45

 

Eu não planejo ser diferente. Os meus erros não cabem nos dedos da mão, nem se contar junto com os dos pés, e não me arrependo por cometê-los. Eles não me definem, mas fazem parte do que sou.
Página: 46

 

Era o que eu deveria fazer, mas nem sempre nos apoiamos no que deveria ser feito.
Página : 55

 

O que você queria? Para uma garota que vivia no meio do nada, escondida de todos, eu até que estou sabendo muito!
Página: 61

 

— Derrubar cloreto de sódio. — ele aponta para a mesa. — Uns bons anos de azar te esperam.

Tudo o que eu não preciso são de superstições! Eu já estou cheia de problemas reais com os quais me preocupar.
— Azar maior do que ter de te aturar?
— Você adora a minha presença, confesse. — ele sorri com os lábios, com seus olhos negros brilhantes, com todas as moléculas de seu organismo. — Não é capaz nem de desgrudar de mim.
Página: 65

 

Quando criança, eu queria saber o porquê de terem me abandonado, já que não podia entender como o mundo funcionava. Faria mais sentido se eu soubesse o porquê de ser tão indesejada. Talvez, teria me ajudado a lidar melhor com as decepções futuras.
Página: 70

 

Segredos são piores do que bombas; quando detonam, podem ser avistadas de longe.
página: 71

 

— Por que fazem isso? Por que se preocupam? Para que tenhamos um resquício de fé. — ele supõe, ajeitando a rosa em meio ao embaraço dos meus cabelos. — Um detalhe tão pequeno nos mostra que, por maior que seja a escuridão presente no mundo ou especificadamente em cada criatura, sempre haverá uma fagulha de esperança. No centro, por mais imperceptível que venha a ser, ela está ali silenciosa… Esperando por sua fuga.
Página: 85
Posso não gostar de companhias, mas elas precisam gostar de mim para que eu consiga destruí-las depois.

Página: 24

 

Pessoas que voltam no tempo, atiram pessoas para longe sem tocá-las um minuto sequer e congelam os músculos de outras apenas com gestos. Onde estou me metendo?
Página:26

 

— Oh, pombinhos. Como é lindo vê-los tão conectados. — Ed interfere, debochando. — Mas devemos chegar ao círculo nesse século. Por favor? Deixem esta conversa adorável para mais tarde.
Página: 27 (Edlun)

 

— Adoro sua perspectiva de realidade, boneca. É tão psicótica e ingênua. — ele sorri, diabolicamente. — Você acha que, em algum segundo, vou esquecer o que aconteceu? Contando com a primeira em que quase me deixou inconsciente e a segunda em que recebi uma rajada de cuspe, posso garantir que falta bem pouco para comparecermos ao seu funeral. Com ou sem drogas.
Página: 29 (Edlun)

 

Ao vê-lo em minha frente, percebo que não somos semelhantes em nenhum quesito. Por mais que eu goste de atrair as presas, não costumo me exibir e exaltar as minhas conquistas.
Página: 31

 

— Não. — permaneço ereta, sem mexer um centímetro do meu corpo. — Não vou reverenciar, nem aplaudir, muito menos fazer de conta que estou gostando disso. Se você aprova essa situação, sinto muito. Eu não tenho por que idolatrar o seu chefe.
Página: 31

 

A gentileza costuma vir antes da grosseria, para marcar o terreno e promover a civilidade.
Página: 31

 

Os pontos fracos deveriam vir com um manual de instruções, para que soubéssemos desativá-los quando a necessidade surgisse. Eu daria tudo para desativá-los neste minuto.
Página: 35

 

Fomos além de todos os limites. Cruzamos todas as linhas do proibido, do errado, do ridículo, e do que nunca funcionaria. Eu e ele éramos o perfeito exemplo da imperfeição.
Página: 111

 

As lombadas dos livros estão danificadas. Ficaram assim depois que caíram, mas Egran não se importa. Pra quem está acostumado a destruir, a beleza está presente nos estragos.
Página: 114

 

— Não se molda o destino, menina. É impossível mudar o curso de dois rios quando ambos são feitos para desaguar em um só lugar.
Página: 117

 

Mesmo que não fosse a versão verdadeira dessa história. Alguns capítulos eram simplesmente tão ruins que deveriam ser descartados e reescritos.
Página: 141

 

Não preciso da aprovação de ninguém, muito menos desejo a amizade ou a adoração das pessoas. Pode não ser o certo, mas funciona. Eu digo que é apenas uma forma de se prevenir dos que te querem mal.
(Vincy )Página: 142

 

Não adianta procurar por ar se você está no fundo do oceano, afundando cada vez mais. Basta aceitar o que isso é. A ilusão não ajuda. Geralmente ela atrai ainda mais desgraças.
Página: 145

♥Meu comentário sobre o Livro:

 A Escolhida- Amanda Ágatha Costa

A Escolhida é um maravilhoso livro nacional de fantasia envolvendo anjos, vampiros e principalmente bruxas. Quem me acompanha nas redes sociais do blog sabe que eu quero que todos leiam esse livro e conheçam Ari e o Luke. ♥ O porque nem irei comentar, mas aos curiosos de plantão como eu irei deixar o link da minha Resenha!!

 

Beijocas e até logo!

Ass: Amanda Mello.

Anúncios

4 thoughts on “Viajando Entre Páginas: A Escolhida

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s