Resenha: Soldier, Sam Angus

Resenha: Soldier, Sam Angus

Oi pessoal, mais uma resenha chegando! ^^

Amanda Mello-livroSoldier
Eu e a Xaxa! *-*

Livro: Soldier

(Leal até o Fim)

Autor: Sam Angus

Páginas: 256

Editora: Novo Conceito

Sinopse: Quando Tom Ryder é convocado para lutar na Primeira Guerra Mundial, não imagina o quanto o seu irmão mais novo, Stanley, sentirá sua falta. A única alegria do garoto são os filhotes de Rocket, a cadela premiada que é o orgulho da família. Porém, ao descobrir que Rocket teve filhotes mestiços, o pai de Stanley fica furioso e ameaça afogar os cãezinhos.
Inconformado e desejando reencontrar Tom, Stanley foge de casa. Mentindo a idade, consegue se alistar no exército britânico. Somente o amor incondicional pelos animais será capaz de fazê-lo sobreviver à brutalidade e à frieza dos campos de batalha. Uma prova de que a inocência e a sensibilidade podem ser mais poderosas do que a guerra.

SOLDIER: Leal até o fim é um livro emocionante e intenso, recomendado para leitores de todas as idades, especialmente para os apaixonados por cães.

Vamos a Resenha!

Bem, quem acompanha o blog há algum tempo sabe que livros com o tema história sempre me conquistam e com esse não seria diferente. Soldier é um livro emocionante que irá retratar o período da primeira guerra mundial, mostrando o quanto e como os animais foram usados nesse período.

Nesse livro conhecemos a história de Stanley, um garoto que ao ver o irmão mais velho ir para a guerra passa a ter que conviver sozinho com o pai que é bastante rígido e muitas vezes cruel, não vou negar que nós capítulos que seu pai estava presenta eu sentia uma agonia terrivel, principalmente quando ele estava próximo a Soldier, o filhotinho de sua cadela Rocket.

O livro segue em um ritmo calmo até determinado momento, quando algo que muda tudo acontece e faz Stanley tomar uma decisão, uma decisão que mais para a frente atormentaria seus pensamentos. Stanley decidi se alistar no exercito, indo dessa forma participar da primeira guerra mundial e será o amor aos animais que irá mante-lo lucido durante toda a brutalidade que ele presenciara.

Soldier foi um livro que bagunçou bastante meus sentimentos e acredito que qualquer pessoa que ame os animais assim como eu irá se sentir dessa forma. Digo isso pois em diversos momentos o amor que Stanley sente pelos animais será o mesmo que você sente e aquilo que o magoa também irá te machucar, só de escrever sobre esse livro já sinto um dorzinha no peito em pensar em todos os animais que enfrentaram esse período do mundo, que estiveram presentes nas atrocidades da guerra e que trouxeram de alguma forma uma luzinha de esperança para quem lutava pelo seu país, assim como com Stanley.

Bejos e até logo! o\

Ass: Amanda Mello.

Anúncios

40 thoughts on “Resenha: Soldier, Sam Angus

  1. Own, que fofa sua cachorrinha! *-* Livros ligados à história não costumam me conquistar, mas os que retratam a primeira ou a segunda guerra mundial costumam me atrair. Então precisei ler esse livro. Gostei demais e não sabia sobre isso de cachorros terem sido usados na guerra, achei bem interessante apesar de ter morrido de dó.

    Beijo.

    Ju – Entre Palcos e Livros

  2. Não é exatamente meu estilo de livros, mas esse parece realmente sensível e emocionante.
    Vejo muitas pessoas indicando esse livro, dizendo a mesma coisa que você, que ele mexe com os sentimentos. Acho isso muito legal em um livro, já que penso que uma história deve tocar o leitor.
    Fiquei pensando nos animais durante a guerra e isso deu um nó na garganta… Não sei se conseguiria chegar ao fim do livro…

    Beijinhos,
    Lica
    Amores e Livros

  3. Olá,

    Eu não curto estórias que se passam durante as guerras mundias, eles são tão tristes e realisticos, que os evito ao máximo. E esse ainda tem cachorros envolvidos, aí é que eu evito mesmo, porque será uma estória duplamente triste :/

    Beijos!

  4. Que linda sua foto com a Xaxa!! Muito fofaaa.
    Eu gostei bastante dessa leitura. Me emocionei bastante com as provações que o Stanley teve que passar e torci muito para que tudo ficasse bem com ele e os animais!
    Gostei da resenha!
    Beijos

  5. Olá.
    Tudo bom?
    Mesmo adorando livro com animais, eu não fiquei interessada em ler a história, pois infelizmente relata uma parte da história da humanidade que não gosto, que é a primeira guerra mundial, mas mesmo assim gostei da resenha, pois pude sentir como essa história te emocionou.
    Beijos

  6. Oii, tudo bem?
    Eu gosto muito de historia que se passam na guerra, e esse livro parece ser emocionante e intenso. Acredito que gostaria muito da historia.

  7. Sem or. Gosto de filmes e livros com animais, mas os felizes. Eu parei de assistir Eu sou a lenda na parte de a cadela do cara morre. Sou mt sensível para essas coisas. Em Marley e eu faltei pouco me acabar >.<
    Espero que tenha um final feliz kkkk

  8. Sou apaixonada por animais e justamente por essa paixão é que não consigo ler esses livros, perdi minha gatinha já faz um bom tempo, mas ainda fico muito mexida com isso, ela morreu muito doente e o final da vidinha dela foi muito triste. Se eu lesse esse livro, choraria horrores, por mais que tenham momentos divertidos eu não consigo ler, nem mesmo comédia! mas gostei muito de saber suas impressões e sua resenha ficou muito boa, adorei a foto com o au-au!

  9. Eu vi a capa desse livro mas não a sinopse, por isso tinha uma ideia beeeem diferente do que era a história. Mas achava q o personagem principal era o cãozinho Soldier, é ou não é?! =O
    Esses livros de guerra tem me feito chorar tanto q quase não tenho lido nenhum…. principalmente os q mais mexem com os sentimentos, meu coração não aguenta XD

    Blog Mundo de Tinta

  10. Eu simplesmente adoro livros e filmes que se passem no período de guerras, acho que aprendemos através da ficção que esmiúça a realidade, então, amo. Geralmente livros que tem animais, também me conquistam, então, acho que amarei este livro!!!
    Beijos

  11. Oiii. Foi por isto que não quero e não quis ler este livro. Porque não gosto de ver animais sofrendo e depois de ler Marley e Eu já chorei tanto que agora corto tudo que é livro com animais. E a foto com o seu cachorrinho ficou uma doçura. A gente que tem animais sabe que é um amor sem fim, sem igual!

    Beijos,

    Greice Negrini

    Blogando Livros
    http://www.amigasemulheres.com

  12. Não gosto muito de ler livros com animais, pois tem horas que acaba virando uma história que foi feita apenas para o leitor sofrer, sem nenhum propósito a mais. Imagino que essa história daria um ótimo filme, vi um esses dias que se passa na mesma época, e no caso o xodózinho é um cavalo e simplesmente adorei.
    Segunda Guerra Mundial tem obras muito belas, mas é sempre bem regadas a sofrimento né.

  13. Olá… não curto muito livros com fatores históricos, principalmente de guerra… acredito que a história deve ter sido bem emocionante, ainda ais se tratando de colocar os animais na guerra, o que eu achei uma covardia… porque querendo ou não eles são bem indefesos, enfim é o meu ponto de vista… o livro não me chama atenção para a leitura, mas é uma ótima dica de presente, para os amantes dos animais assim como você… Xero!!!

  14. Que coisa mais linda essa foto!!!!
    Esse livro já está na minha estante desde o ano passado, mas ainda não deu pra pegâ-lo, coloquei até na meta 2016 pra ver se eu me animo. Parece ser lindo e eu adoro história misturada na história kkkk
    bjss

  15. Não pensava que esse livro passasse tantas sensações menina, claro que isso levando em conta só a capa e tal. Eu como gosto de cachorros acho que sofreria muito lendo esse livro, pois pelo que eu pude entender na sua resenha, o mesmo deve trazer momentos bem complicados para eles. Enfim, gostei da dica pois o livro trás uma história bem diferente, mesmo que ela seja um pouco triste. 😦

    Beijos
    Vento Literário / No Facebook / No Twitter

  16. Olá. Tudo bom?
    Olha só de você falar do.pai dele, me deu nervoso. Você conseguiu me deixar com a pulga atrás da orelha, pelo motivo dele ter se alistado para a guerra e quero saber o que soldier tem haver com isso.
    Bela resenha.
    Beijos

  17. Olá!
    Adorei a sua resenha, não conhecia esse livro!
    Uma história parecida (mas que não é necessariamente o foco do livro) acontece no quinto volume da série Os Hathaways, o personagem principal vai à guerra e lá encontra um companheiro canino, que passa por todas as provações do campo de batalha junto com ele.
    Já naquele livro achei essa ideia interessante, agora sabendo que tem um livro cuja história principal tem esse tema já fiquei super interessada!
    Beijos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s