Resenha: Dearly Departed: O Amor Nunca Morre, Lia Habel

Resenha: Dearly Departed: O Amor Nunca Morre, Lia Habel

*-*É possível se apaixonar por um zumbi, leia a resenha e vocês irão compreender!

Dearly Departed-O amor nunca morre- Lia- Romance-Zumbis- Sociedade Futuristica-

Livro: Dearly Departed: O Amor Nunca Morre (Livro 1)

Duologia: Gone With The Respiration

Autora: Lia Habel

Páginas: 480

Sinopse:  Ela é Nora Dearly, uma garota neovitoriana de 17 anos que sofre com a morte dos pais e vive infeliz aos cuidados da tia interesseira. Ele é Bram Griswold, um jovem soldado punk, corajoso, lindo nobre…e morto! No ano de 2187, em meio a uma violenta guerra entre vitorianos e punks, surge um perigoso vírus, capaz de matar e trazer novamente à vida.

As pessoas tornam-se zumbis, mas nem todos são assassinos e devoradores de carne. Há os que lutam para que o vírus não se espalhe…

Vamos a Resenha!

Tenho que começar essa resenha dizendo que eu AMEI esse livro, queria que as folhas dele fossem infinitas e eu iria continuar lendo, fiquei tão triste quando terminei: Depressão Literária gente! O.O

Dearly Departed- O Amor Nunca Morre-Lia- Livros de Zumbi- Sociedade Moderna- Romance- Mistério- Livros estrageiros

Dearly Departed irá contar a história de Nora, uma garota de 17 anos que vive no futuro, mas ao mesmo tempo no passado, já que sua sociedade escolheu manter os padrões noevitorianos, ou seja, todo aquele jeitinho da sociedade de Elizabette Bannet, porem com internet, celular, sombrinhas com lâmpadas na ponte que indicam se você é solteira, casada ou viúva (eles tinham que facilitar para os rapazes daquela época, como eles vão saber se a garota é solteira? O.o Visitar na casa é quase pedido de casamento). Não se preocupa, logo no começo do livro a Nora te coloca por dentro do porquê da sociedade que ela vive ser assim e o que aconteceu com a nossa sociedade e é por meio da forma de introdução da autora que compreendemos como surgiu os punks. 

Punks são a parte da população que não concorda com isso, que acredita que depois de nós termos acabado com o mundo utilizando nossos meios de transportes(poluição), construindo formas de destruir os outros lugares (bombas e guerras) não devemos mais de forma alguma começar novamente a utilizar essas coisas, eles querem apenas levar uma vida mais natural.

Os capítulos são intercalados entre Nora e Bram, que acabaram tendo os seus destinos ligados pelo pai da Nora que desapareceu a um ano. Nora foi criada apenas pelo seu pai, sua mãe morreu quando ela era pequena, Bram é um jovem que o médico acolheu ao ser contaminado com um estranho vírus que o fez voltar a vida depois de morto, mas esses dois só irão realmente se conhecer quando Nora ter sua vida colocada em risco pelo grupo Z, que são os contaminados que já comeram carne humana e que não pensam mais. É nesse ponto que entra o mistério da história, porque Nora? Ela não sabe de nada e muito menos que o pai é um morto vivo, ela não o vê há um ano. Como eles se organizaram? Se não vivem em grupos.

Bram tem a missão de protege-la (mesmo que ela não precise de proteção O.O Vá por mim, ela sabe se virar bem), ele deve isso ao pai dela e mesmo que não quisesse teria que cumprir as ordens do sargento, que foi claro quando disse que ele deveria trazer a garota e mante-la ali junto com eles onde seria seguro( no meio dos zumbis que trabalham para o quartel agora). É no meio de toda essa confusão que veremos uma Nora descobrir tudo que nunca soube e um Bram aprender que ele não é um mostro.

Dearly Departed-Lia Habel-Romance-Livris de zumbis

Recomendo muito para quem quer um livro cheio de mistério e lutas sangrentas e gostaria de entender qual foi o esquema que a autora armou ai! E pode apostar que você irá rir também durante a leitura, os zumbis são uma peça, pelo menos os que pensam ainda os outros, bem, esses são os que já conhecemos.

Beijos e até logo! 😉

Ass: Amanda Mello.

 

 

Anúncios

24 thoughts on “Resenha: Dearly Departed: O Amor Nunca Morre, Lia Habel

  1. Oie,

    Como eu nunca tinha visto esse livro antes? Que história, quando comecei a ler e vi uma sociedade de época e depois vi 2187 eu fiquei como assim? Nunca li muitas coisas de zumbis tenho até um livro que tem zumbis, mas ainda não me aventurei. Só posso dizer que eu amei esse livro, mesmo sem ter lido ele. A sociedade me deixou muito curiosa eles usam de tudo que é moderno, mas a forma de se vestir é neo vitoriana? Sério eu já quero esse livro.

    Bjs
    Mayla
    http://lendocomamay.blogspot.com.br/

  2. Olá!

    Achei uma graça essa capa, acho que eu leria sim, nunca li nada envolvendo zumbis. Gostei da sua resenha e das fotos!

    resenhaeoutrascoisas.blogspot.com

  3. Oi flor! Não ri tá?! Mas eu tenho medo de zumbi. Não assisto filmes, série, livros… Nada com esse conteúdo. Trauma de infância!
    A premissa me pareceu legal e apesar de não parecer assustador tenho medo.

  4. OIi!

    Aaah que capa maravilhosa!

    Eu gosto da temática do livro mas tenho um grande problema, as obras demoram para me conquistar sabe?? Sempre fico enrolando até consegui me concentrar. Nunca li nada com zumbis sabia? Mas gostei. A resenha está bem escrita e me deixou bem curiosa 😀

    Beijinhos

  5. Olá!
    Essa capa parece uma mistura de romance de época com livro da Emily Giffin, muito linda. Fiquei curiosa com esse enredo, a premissa parece legal, mas eu tenho um probleminha com Zumbis, não consigo ver nada que tem eles, acho que são muito irreais pra mim (mais irreais que Vampiros e Lobisomens, o que não faz sentido).
    Beijos.

  6. Mesmo que dê pra rir durante a leitura, já que alguns zumbis são uma peça, tenho tanto horror a esses seres que não leria de forma alguma… afinal, também temos zumbis tradicionais no enredo. Fora que tenho horror de sangue, e meu estômago não daria conta das lutas sangrentas.

    Beijo!

    Ju – Entre Palcos e Livros

  7. Geente, fiquei encantada pela resenha. Eu não curto zumbis e suas histórias, mas esse livro traz tudo de um jeito tão diferente e tão chamativo que eu preciso ler. Sua resenha despertou minha curiosidade, com certeza vou dar um jeito de ler esse livro logo. Adorei a capa dele *-*

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s