Resenha: Uma Vida para Sempre, Simone Taietti

Resenha: Uma Vida para Sempre, Simone Taietti

Oi gente, primeiro um bom final de semana para vocês! ❤ Hoje trago uma resenha que foi muito difícil de escrever e peço desculpa a autora pela demora, não sabia como colocar em palavras tudo que esse livro me transmitiu! Obrigada Simone por ter escrito essa história que deve ser lida por todos! ❤

Uma Vida para Sempre-Simone-autoresnacionais.jpg

Livro: Uma Vida para Sempre

Autora: Simone Taietti

Páginas: 347

Sinopse: Ethel diz estar morrendo. Contudo, não afirma isso apenas em razão de sua doença. Talvez a única certeza de nossa existência seja a morte, o fato de que ela chega para todos. Mas nem por isso deixa de ser a maior incógnita da vida.
Em um hospital, em meio à dor das histórias dos pacientes, Ethel encontrou amigos. Entre passeios em cemitérios, frequentando velórios e enterros de estranhos, ela tenta preparar a si e aqueles que ama, para o que parece estar ali tão próximo, o fim. Entretanto, não esperava enfrentar algumas surpresas que a fizessem duvidar de tal preparação.
As estatísticas ruins, a inexorável passagem do tempo. Onde reside a lógica disso que nos arranca pedaços, da súbita inexistência do que outrora era vívido e pulsante? Um corpo que jaz. Palavras que se perdem. A finitude de tudo o que é tão belo talvez seja a maior dor do mundo.
Uma vida para sempre é um compilado de desejos, pensamentos e dias.
Quanto dura o para sempre?
Ethel descobriu.

Vamos a Resenha!

Uma VIda para Sempre-nacionais-talentosdaliteratura.jpg

Um Vida para Sempre foi um livro que me fez rir, me derrubou e mudou completamente a minha forma de ver as coisas…

Ethel sofre de uma condição rara, sua doença não permite que ela transpire ou sente qualquer tipo de dor , isso para alguns pode parecer algo fantástico, mas na verdade é algo extremamente preocupante. Transpirar é a forma que nosso corpo encontra para manter a temperatura interna de nossos orgãos e sentir dor é essencial para sabermos se há algo de errado com nós, isso acaba acarretando vários exames e cuidados que Ethel deve tomar, como olhar se tem hematomas pelo corpo ao acordar ou quando pequena usar um óculos protetor para evitar machucar os olhos com as próprias mãos enquanto dormia.

Uma Vida para Sempre-simonetaieti-trechos.jpg

A história é contada em forma de diário pela Ethel, lendo suas revelações iremos nós sentindo cada vez mais próxima da menina, entendo seus medos e suas curiosidades em relação a morte, por passar muito tempo dentro de hospitais realizando exames, Ethel acaba se tornando alguém mórbida, entretanto será dentro desse ambiente que irá conhecer seus melhores amigos e conhecer o sentido da vida.

Uma Vida para Sempre-simonetaieti-nacioianais-sicklit.jpg

Simone Taietti tem uma escrita maravilhosa, ela me tocou profundamente com a mensagem que me transmitir através das suas palavras, esse foi um livro que me fez ver que os pequenos detalhes da vida são importantes e especiais. Que cada momento nós marca de uma forma.

Para Comprar Edição Física

Beijos gente e até logo! *-*

Ass: Amanda Mello.

 

Anúncios

29 thoughts on “Resenha: Uma Vida para Sempre, Simone Taietti

  1. já tinha ouvido falar desse livro um tempo atrás, mas já ando saturada do gênero…
    não duvido que seja um livro impactante, sofrido e comovente, mas é tô evitando sick-lits… meio que tomei abuso depois de um período…
    bjs…

    1. Compreendo sua situação, quando lemos muito um gênero é como se nossa cabeça estivesse cheia demais e os olhos marejados o tempo todo… kkkkkkkk 😀
      Quem sabe em outro momento, mas não esqueça dele, é uma leitura linda! ❤
      Beijos e até logo!
      Ass: Amanda Mello.

  2. A minha parceira de blog leu e super recomenda esse livro assim como você. É sempre difícil de falar sobre um livro que traz temas tão densos e nos leva ao extremo de sentimentos opostos, acredito que o livro de fato deve ter acrescentado muito para a sua vida e parece ser de fato emocionante, já estou na torcida pela Ethel.
    Beijos

    1. Muito difícil Anna! Estou enrolando faz meses para liberar resenha, apagando e reescrevendo sem parar e sempre com a sensação de que não consegui passar tudo o que sinto só de pensar nesse livro. ❤ Acrescentou muito sim e tenho certeza que quem ler irá ter seu modo de pensar alterado também!

      Beijos e obrigada por visitar meu espaço! ❤
      Ass: Amanda Mello.

  3. Amanda, já ouvi falar muitooooooooooooo desse livro e como ele faz a pessoa que o lê chorar rios e rios.
    A cada resenha eu fico mais interessada na leitura, pois sei que vou me apaixonar e emocionar.
    Preciso parar de procrastiná-la.
    Adoro o fato dela ser em forma de diário.

  4. Gostei bastante da resenha, parece uma história incrível e fiquei bem curioso para conhecer mais sobre a Ethel, realmente essa doença deve ser sonho para algumas pessoas, mas não devem imaginar o quão dificultoso isso torna a vida de uma pessoa. Já vou procurar ler esse livro, ainda mais sendo um livro nacional, quero incentivar mais nossos autores.
    Trouxa do Livro

  5. oi,amanda…já tinha ouvido falar desse livro antes, e apesar de parecer ser uma leitura tocante não me empolguei pra ler. =T tô meio saturada de livros com essa temática… mas que bom que vc curtiu muito a leitura… bjs…

  6. Se este livro for tão bom, ou tão lindo como as palavras que você usou para explica-lo com com certeza é um livro que mexerá comigo.
    Fiquei encantada quando li “A finitude de tudo o que é tão belo talvez seja a maior dor do mundo”
    A resenha me lembrou muito de uma frase que levo sempre.comigo: que seja infinito enquanto dure…
    Bjs

  7. Oii, tudo bem?
    Eu confesso que adorei a premissa do livro, eu achei diferente a condição da protagonista, e achei bem legal o livro ser contado em forma de diario, acho que assim ficamos mais próximos da personagem. Espero ter a oportunidade de ler o livro.

  8. Uma amiga minha leu esse livro e também amou. Desde então ele entrou na minha lista de desejados. Porém no momento eu não conseguiria ler, pois acho que não aguentaria, já que todos dizem ser triste. Não estou na vibe certa. Imagino então que escrever uma resenha sobre ele tenha sido realmente difícil, mas saiba que eu adorei a sua resenha. Sem dúvidas irei ler esse livro um dia, no momento certo.

    Bjs.

    http://www.ciadoleitor.com

  9. Olá!
    Não conhecia ainda essa autora ainda e nem a obra, mas fiquei muito interessada porque adoro livros que abordam esse tema, e parece ser realmente uma leitura muito sensível e emocionante. Adorei a dica!
    Beijos.

  10. Oi Amanda!
    Eu tive a oportunidade de ler esse livro durante um evento que participei, mas não sei porque ele não me chamou muito a atenção e acabei trocando com outra menina.
    Que bom que você gostou da história e da escrita da autora, um dia eu quero tentar ler o livro.
    Beijos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s